UA-85145501-1

Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário

Em 13.09.2014   Arquivado em filme
Oi pessoal, tudo bem com vocês?
Então, aqui vai mais uma resenha de filmes, agora com “Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário”

Desde que anunciaram o filme já deixaram claro para não esperar grandes semelhanças com a saga original. Primeiro porque, se houvessem muitas semelhanças, seria mas fácil ver o anime. E segundo para chamar a atenção da nova geração, quase na mesma ‘pegada’ do Filme de DBZ, A Batalha dos Deuses.
“Jovens cavaleiros que no cinema chegaram para ver o filme. Vejam com mente aberta pra uma nova visão de tudo, deixo Athena aos cuidados de vocês ! Aiolos, Santo de Sagitário”
O filme começa com a fuga de Aioros e tem seu ápice no reencontro dos cavaleiros de bronze em defesa da adolescente Saori Kido (Athena).
A comédia deu lugar ao drama e a personalidade de cada um foi mantida: Seiya palhaço, a seriedade de Hyoga, Shiryu com sua sabedoria, Shun com sua sutileza e Ikki sendo um lobo solitário, isso sem contar a amizade dos 5. A batalha das 12 casas foi severamente modificada, lutas acontecendo simultaneamente e a transição entre algumas casas, como a de Libra, foram cortadas.
A adaptação cinematográfica mostrou a real diferença de forças entre os cavaleiros de ouro e bronze, além dos mesmos não serem cegos a presença de Saori Kido e reconhecer seu cosmo como real. Dito isso, convence-los que o Grande Mestre é um impostor não foi problema e isso foi algo que gostei bastante.

(Saori, Shun, Seiya e Shiryu – todos com S – )

 
Saga de Gêmeos ficou um vilão fantástico, sua participação trouxe muitas surpresas. Torço para que o filme tenha sequência, mostrando os deuses Poseidon e Hades.
A Dublagem foi divina!!  O esperado da Dubrasil, que manteve os dubladores originais e deu a Camus, cujo dublador, Valter Santos, falecera em 2013, uma voz que fez jus tanto ao personagem, quanto ao seu antigo dublador. (Obrigada Mauro Castro !)
Apesar de tudo, façamos nós a nossa parte, pois segundo um dos produtores ” Há mais surpresas reservadas do que as que estão neste novo filme. Mas, claro, tudo depende da bilheteria de ‘A Lenda do Santuário’.”