UA-85145501-1

Resenha#7: Sussurro – Saga Hush Hush | Becca Fitzpatrick

Em 05.12.2014   Arquivado em livro, resenha

Título: Sussurro
Título Original: Hush, Hush
Série: Hush, Hush
1- Sussurro
2- Crescendo (2011)
3- Silêncio (2012)
4- Finale (2013)
Autora: Becca Fitzpatrick
Editora: Intrínseca
Páginas: 264
Ano: 2010
Sinopse:  Se apaixonar nunca foi tão fácil… ou tão mortal. Para Nora Grey, romance não era parte do plano. Ela nunca se sentiu particularmente atraída por nenhum garoto de sua escola, não importa o quanto sua melhor amiga Vee os empurrasse para ela. Não até a chegada de Patch. Com seu sorriso tranquilo e olhos que parecem enxergar dentro dela, Nora é atraída por ele contra seu bom senso. Mas após uma série de acontecimentos aterrorizantes, Nora não sabe em quem confiar. Patch parece estar onde quer que ela esteja, e saber mais sobre ela do que seus amigos mais íntimos. Ela não consegue decidir entre cair nos braços dele ou correr e se esconder. E, quando tenta encontrar algumas respostas, ela se acha próxima de uma verdade que é bem mais perturbadora do que qualquer coisa que Patch a faça sentir. Nora está bem no meio de uma antiga batalha entre os imortais e aqueles que caíram – e, quando se trata de escolher lados, a escolha errada poderá custar sua vida.

Há uma guerra acontecendo, oculta da humanidade, e que pode explodir a qualquer instante. De um lado há os anjos caídos e do outro há os nephilins, que nada mais são do que crias de anjos caídos com humanos. Muitos deles estão escondidos na Terra, esperando sua chance de se rebelar e terem sua vingança.

Nossa protagonista chama-se Nora Gray. Para ela, as coisas não andam muito boas: Dentro de um ano, seu pai morreu e sua mãe tem de trabalhar dobrado para sustentar as duas e pagar a hipoteca da casa. Sua rotina continuava a mesma até que, em uma aula de Biologia, aparece um rapaz que toma o lugar de sua melhor amiga como dupla. A atração por ele é imediata. Desde então, Nora tem a crescente sensação de que Patch a está seguindo em todos os lugares, e a estranha impressão de estar sendo observada durante a noite.  Nora é bem introvertida, não se importava em não estar rodeada de amigos, nunca foi de sair muito ou de se preocupar com sua aparência e seu principal hobby era fazer resenhas para o eZine.

Ela pensava de modo rápido e simples, porém, com a chegada do rapaz, ela percebe que tudo é mais complicado e misterioso do que parece. E não chega a transformar isso numa obsessão, diferente de muitas mocinhas. As coisas se complicam quando estranhos acontecimentos ocorrem, colocando em risco tanto a sua vida como a de todos os com que se importa. 

Conforme os mistérios acerca de Patch vão se revelando, Nora vê que é tudo interligado e tudo que ela pensava sobre “viver uma vida normal” cai por Terra. Numa busca por resposta e ao mesmo tempo para proteger tudo aquilo que ama, Nora mergulha entre mistérios e situações perigosas para descobrir em quem confiar e para descobrir quem está tentando pôr fim à sua vida.

A capa é linda e nos atrai logo no primeiro momento. A diagramação está mais ou menos, a letra era bem pequena, o que eu não curti muito.
A autora escreve de maneira fluída, é bem original, saindo dos clichês de “estórias sobre anjos”. O livro tem um ritmo eletrizante, autenticidade nos diálogos. Porém, se você precisa de mais um motivo para começar a ler, é esse: PATCH!!

Patch é muito mais que um típico bad boy. Ele possui um humor sarcástico e é um tanto cínico, visando deixar Nora sem graça e atraída pelo perigo. Ele é apaixonante e suas frases de duplo sentido deixam Nora sem graça – e deixa a leitora louca por querer um cara desses também – 

     Nora: “Não saio com estranhos” – Patch: “Sorte sua que eu saio. Pego você às cinco.”

Patch: “Também está com um perfume gostoso.” – Nora: “Chama-se chuveiro. Sabão. Xampu. Água quente.” – Patch: “Nua. Sei como é.”

Espero que gostem e comentem o que acharam do livro!!
Beijos pessoal!

  • Thamy Montez

    Em 05.12.2014

    adorei e já to com vontade de ler