UA-85145501-1

Pray for Our World

Em 15.11.2015   Arquivado em my texts
“Oooooh Homem, riqueza tem também seu preço que é justamente o seu avesso, o desabrigo, a morte, a fome.
Oooooh Homem, não vê que a chuva também chora, é Deus que aos prantos te implora perceber que dinheiro não se come”
 
 
À luz dos recentes acontecimentos, andei refletindo…Não estamos mais vivendo, apenas “sobrevivendo”. 
Tragédia em Mariana, Chacina em Fortaleza, Chacina em Paris, Terremoto no Japão, Assassinatos no Quênia, Conflitos no Oriente Médio, famintos e desabrigados por causa da sociedade…
Eu não estou aguentando mais, o mundo precisa de PAZ! Precisa de menos dedos apontados, menos julgamentos e mais compaixão, mais amor.
Já basta mimimis na internet tentando “comparar” qual tragédia foi a maior (Ainda não consigo acreditar nisso), condenar uma MAIORIA por causa duma MINORIA. No caso de Paris e do Oriente Médio, Mulmanos são pessoas que sofrem das mesmas pugnas que os ocidentais. Eles possuem uma cultura rica e milenar. A religião como um todo NÃO tem culpa por causa de uma PEQUENA massa radical, que tira vidas sem pensar. Ainda sobre o caso de Paris, os radicais se passaram de refugiados para começar a matança. Agora os refugiados, que não tem nada a ver com isso e só estão precisando urgentemente de um lugar para viver, vão “pagar o pato”.
 São culturas diferentes, sei disso. Mas todas fazem o planeta sangrar e precisam parar com isso, ou então não teremos mais um lugar para viver!
 
A vida é o maior bem que temos, temos que valorizá-la!!
A cada final de noite, quando formos dormir, e a cada vez que acordarmos, vamos rezar, rezar por estarmos vivos, porque não sabemos se vamos ver um novo amanhecer.
  • Bruna Matos

    Em 15.11.2015

    São tempos difíceis, e é um grande desafio não perder a esperança em dias melhores. Tentar fazer o melhor, se colocar no lugar do outro e plantar gentileza por onde passarmos, creio que são medidas simples, mas ao alcance de todos.
    Se puder dá uma passada em meu blog http://umavidaemandamento.blogspot.com.br/