UA-85145501-1
Categoria "Anime/Mangá"

Kobato – Clamp

Em 20.02.2015   Arquivado em Anime/Mangá, Kobato

Olá pessoal! Tudo bom?! 
Hoje eu vim falar de mais um mangá da Clamp, que é pouco conhecido, mas foi publicado em Tankobon pela JBC entre 2011 e 2012.


Kobato 

Autor: CLAMP
Editora: JBC
Páginas: 168
Número de Edições: 6
Hanato Kobato é uma graciosa garota que tem uma missão: encher uma misteriosa garrafa que ela carrega. Para a missão, ela conta com a ajuda de Ioryogi, um pequeno cachorro azul que parece ser bonitinho, mas ele tem uma terrível boca-suja e tem péssimas maneiras. Agora, Kobato-chan tem que ajudar as pessoas necessitadas, mas o problema é que ela não sabe como fazer isso. Quanto mais pessoas ela ajudar, mais a garrafa vai enchendo sozinha. Ela só precisa tomar cuidado para não se apaixonar pela pessoa que ela está ajudando.





Conheci no Tumblr e logo me interessei já que eu gosto bastante dos mangás da CLAMP. Me entristeci ao saber que o mangá não tinha no Brasil, até 2011. Antes de comprar o mangá, eu baixei o anime e foi até que adorei ainda mais a história.

Hanato Kobato é uma jovem misteriosa que veio a Terra com uma missão, curar o coração das pessoas que cruzam o seu caminho e encher uma garrafa com esses corações feridos, ou como ela diz, Kompeitou. Apenas quando essa garrafa estiver cheia é que ela poderá alcançar o seu desejo, no caso, ela deseja ir a algum lugar. Para isso ela conta com a ajuda de Ioryogi, um pequeno cachorro azul que parece um cachorro de pelúcia. Nessa jornada ela conhece Fujimoto, um rapaz fechado e rude no inicio, mas com o tempo percebe-se uma aproximação de ambos e durante toda a história é visivel o cuidado dele por Kobato. Fujimoto, trabalha e é irmão de criação de Sayaka, a dona de uma creche que está prestes a ser fechada por causa das muitas dividas pendentes, e onde Kobato começa a ajudar. No decorrer da história muitos mistérios vão sendo revelados e pouco a pouco o passado desconhecido de Kobato vem a tona.
 

Shoujo mangá, termo usado para referir mangás e animes para garotas, apesar de poder também interessar a qualquer gênero ou faixa etária. Os mais conhecidos no Ocidente são os romances ou comédias românticas, como no caso de Kobato. No mangá o romance e a ação demora a acontecer, já no anime fica bem mais engraçado, ainda mais nas cenas de Ioriyogi com Kobato.
O desenvolvimento da relação delcom os outros personagens da história cativam, porém o final do mangá deixa a desejar e é bem diferente se comparado com o do anime, que é bem melhor. (por isso aconselho ver o anime logo! *-*)
 
 
Pra variar a Clamp coloca personagens de outros mangás, como Chobits (na foto acima), Syaoran, Fye e Mokona de Tsubasa Chronicles, dentre outros.
 
Pra quem gosta de mangás românticos e calmos, mas com uma pitada de comicidade, vai curtir Kobato (こばと。)!!
Obrigada! E até a próxima!

Sakura Card Captors

Em 24.01.2015   Arquivado em Anime/Mangá, Sakura

Olá pessoal! Tudo bom?! 
Hoje eu vim falar de um anime que marcou a infância de muitos e cujo mangá foi publicado em nova edição (Tankobon) pela JBC no começo do ano passado.

Sakura Card Captor

Autor: CLAMP
Editora: JBC
Páginas: 184
Número de Edições: 12
Sakura Kinomoto é uma garota de 10 anos, estudante da fictícia cidade japonesa de Tomoeda, que por acidente abre um livro misterioso, chamado Livro Clow. Desse livro saem 52 cartas mágicas levadas por uma tempestade de vento causada pela magia da carta Vento, que foi libertada quando Sakura leu o seu nome. Kerberos, o guardião das cartas (uma criatura muito parecida com um animal de pelúcia bem pequeno), surge do livro e conta a Sakura que as cartas foram espalhadas por toda Tomoeda e é seu dever capturá-las de novo, tornando-a uma Card Captor.

As cartas provocam fenômenos estranhos ao redor de Sakura, que emprega os poderes das cartas já capturadas em seu báculo mágico para dominá-las e juntá-las à sua coleção. Para isso ela conta com a ajuda de Kero, e claro, de sua grande amiga,Tomoyo.

 
É um dos meus mangás favoritos da CLAMP!! *-* Na época em que lançaram o mangá em 24 edições, eu comprei todos, mas infelizmente perdi o primeiro e assim a coleção ficou incompleta pois, mesmo indo em eventos de anime, visitando o estande da Comix, era raro demais eles terem, então desisti ç_ç
Também vi o anime praticamente todas as vezes em que foi reprisado na Cartoon Network!!

Voltando a falar do mangá, essa edição em específico está maravilhosa. Além das 184 páginas da história, ele ainda trás cerca de 16 páginas coloridas, e as ilustrações são perfeitas. E eu sou suspeita pra falar pois admiro demais o trabalho da CLAMP!!

Conforme a missão de Sakura se desenrola, ela encontra com Syaoran Li, descendente do Mago Clow que acha que Sakura não é “digna” de capturar as cartas e, por conta disso, começa a disputar com ela; Descobrimos mais sobre o passado da própria Sakura e sua relação com Li muda lentamente, ao ponto dele até ajudá-la a capturar algumas cartas (mas a carta sempre vai para quem a capturou “primeiro”). E percebemos também que Touya e Yukito são mais “amigos” do que se pensa e Sakura, tão doce e gostando do Yukito, percebe isso no final (E eu acho lindo esse momento *-*).


Acho bacana eles trazerem esses temas como homossexualidade (Touya e Yukito e Tomoyo para com Sakura) para um mangá, ainda mais tratando de forma tão sutil, tão natural e sem ser forçado… E penso que essa que é a melhor forma de trabalhar temas assim, ainda mais se isso vai chegar até crianças. As meninas da CLAMP estão de parabéns por isso!!

E sempre existem diferenças. No mangá, alguns personagens do anime não aparecem, como Meiling, a prima de Syaoran. E, enquanto no mangá o Professor Terada e Rika namoram (chegam até a noivar), no anime, só a menina nutre uma paixão pelo professor.

Na segunda parte da história, Sakura já possui todas as Cartas Clow, que começam a enfraquecer pois a magia que utilizavam estava desaparecendo. Portanto Sakura, junto de Kero, decide transfomar todas em Cartas Sakura. Porém, a cada vez que faz isso, a Card Captor desmaia, pois usa muita magia. Em meio as cenas de ação, o romance entre Syaoran e Sakura cresce e ela fica sem saber o que fazer, pois ainda gosta muito de Yukito.

Me contem aqui nos comentários as suas reflexões acerca de Sakura Card Captors!! Mas aviso logo que comentários com cunho ofensivo serão deletados!!
Até a próxima!!

Toradora!

Em 24.11.2014   Arquivado em Anime/Mangá, Japão, Toradora
Olá pessoal!! Tudo em paz?
Hoje vim falar de um anime que eu gosto muito, que é Toradora!


A história se inicia com o protagonista Ryuuji Takasu, que está aparentemente frustrado em tentar parecer uma pessoa ‘melhor’ em seu segundo ano do colegial. Apesar de sua personalidade gentil, seus olhos e cabelo o fazem parecer um delinquente intimidante, portanto “esperança zero” em conseguir uma namorada tão cedo, além de não possuir muitos amigos próximos. Depois de ser saudado por sua mãe de ressaca pela manhã, Ryuuji vai à escola e fica contente ao descobrir que ficará na mesma classe de seu melhor amigo Yuusaku Kitamura e da garota por quem é apaixonado, Minori Kushieda.

 

Porém, é nesse mesmo dia que ele acidentalmente esbarra no “mais perigoso animal de maior nível de risco da escola”—Taiga Aisaka— que acontece de estar também em sua classe e é a melhor amiga de Minorin. Taiga tem uma atitude negativa com os outros e não irá hesitar em arrebentar as pessoas, dai seu apelido ser ‘Mini Tigresa’. Depois de conhecer Ryuuji, ela toma uma antipatia imediata contra ele. Quando Ryuuji descobre que Taiga tem uma queda por Yuusaku, e Taiga descobre a afeição de Ryuuji pela Minorin, ambos decidem se ajudar a confessar o amor para pessoa pela qual estão apaixonados. Ela faz dele seu servo pessoal, deixando-o a cargo de fazer todas as suas tarefas domésticas (cozinhar e limpar).

 

Taiga vem de uma família rica, mas devido a problemas familiares, ela decidiu sair de casa e morar por conta própria e coincidentemente está vivendo no prédio vizinho ao apartamento de Ryuuji. Devido a esses ‘afazeres domésticos’ e por não ter vontade de ficar sozinha naquele enorme apartamento, Taiga passa muito do seu tempo na casa do Takasu, podendo ser considerada um membro da sua família, já que a mãe do garoto a adora.
Desde então Ryuji gasta muito tempo com a ‘mini tigresa’ e começou a ver um lado dela que a maioria das pessoas não consegue ver. Assim, os dois tentam ajudar um ao outro para melhorar a forma com que os outros os veem e eventualmente obter sucesso na confissão de cada um a pessoa pela qual estão apaixonados.

No decorrer do anime, aparecem novos personagens como Ami Kawashima (mais conhecida como “baka chi”) amiga de infancia de Yuusaku, os pais de Taiga, Sumire Kanō a presidente do Conselho Estudantil e alvo do amor de Yuusaku; A família de Taiga e os avôs de Ryuuji.

A relação com os parentes também se mostra bastante complexa. No caso de Taiga, ela vivia com seu pai e sua madrasta, porém, constantemente, ela brigava com eles. Assim, ela resolveu sair de casa e começar a viver por conta própria. Por vir de uma família privilegiada, ela não sabe fazer nenhuma tarefa doméstica. Perto do fim da série, os negócios de sua pai vão à falência e ele foge, deixando-a sob os cuidados de sua mãe, que já se casou novamente e tem uma nova família, a qual Taiga tem dificuldade de se aproximar, o que explica ela não querer voltar pra casa, se ‘escondendo’ na casa de Ryuuji.
E no caso de Takasu, o pai os abandonou quando este ainda era um bebê, e as relações da mãe com os avôs de Takasu nunca foram das melhores. Só quando Ryuuji e Taiga fogem para a casa deles, que a mãe de Takasu finalmente quita as diferenças.


A música de abertura da primeira temporada “Pre-Parade” é cantada por Rie Kugimiya, Yui Horie e Eri Kitamura, as dubladoras japonesas de Taiga Aisaka, Minori Kushieda e Ami Kawashima, respectivamente.

Espero que tenham gostado!!
Beijinhos e até a próxima.

Guerreiras Mágicas de Rayearth

Em 28.10.2014   Arquivado em Anime/Mangá

Um dos animes que marcou minha infância foi Guerreiras Mágicas de Rayearth (Magic Knight Rayearth, no original). Escrito pela CLAMP, foi um dos mangás shoujo-shonen mais queridos pelo publico na década de 90.


Sinopse: Três garotas, encontram-se por acaso na Torre de Tokyo durante um passeio escolar. São elas Hikaru Shidou, Umi Ryuuzaki e Fuu Hououji. Subtamente as três escutam uma voz clamando por elas e, em seguida, uma luz muito brilhante as envolve e, antes que elas possam perceber o que esta acontecendo, são transportadas para o mundo de Cefiro, uma terra onde o poder da vontade é o pilar principal de toda a existência. Ao chegar neste estranho mundo elas encontram com Clef, uma pessoa de aparência jovem e vestimentas “diferentes”. Ele lhes diz que foram invocadas a este mundo a fim de dar cumprimento a uma antiga lenda, se tornarem as Guerreiras Mágicas e salvar o mundo de Cefiro, que por causa do aprisionamento da princesa Esmeraud pelo Sumo Sacerdote Zagato, estava caindo em ruínas e monstros estavam a se espalhar por toda a parte. Sem muitas explicações, as três dão início a essa jornada para conseguirem se tornar em definitivo as lendárias Guerreiras Mágicas e assim salvar o mundo de Céfiro.

Personagens principais:
Hikaru/Lucy Shidou é a líder das guerreiras. Mora em um dojo, tem três irmãos mais velhos (Satoru, Masaru e Kakeru)e um cachorro (Hikari). É carismática e consegue entender o que os animais falam. É carinhosa e impulsiva, sempre que há perigo, ela é a primeira a proteger suas amigas e amigos, sem pensar no que possa acontecer com ela. É a que ficou mais empolgada com a história de ser uma Guerreira mágica, sendo a mais inocente das três.Seu Mashin é o Rayearth, que estava adormecido no Templo das Chamas. Hikaru tem o poder de controlar o fogo. No final da segunda saga, possui um interesse amoroso por Lantis, que é correspondido pelo espadachim.
Umi/Marine Ryuuzaki é filha de um empresário muito famoso e estuda em uma escola para meninas nobres. É muito engraçada e muito brava também, se estressa facilmente, principalmente quando está com duvida sobre alguma coisa, ou está brava com Mokona. Acha que essa história de se tornar guerreiras é meio maluca, mas no final das contas acaba gostando. Seu Mashin é o Selece, que estava adormecido no Templo do Mar e seu poder é da água. É apaixonada por Clef, mas não demonstra nem conta esse sentimento a ninguém.
Fuu/Anne Hououji é a mais racional e inteligente das guerreiras. Estuda numa escola para alunas superdotadas. É super amorosa e está sempre bem humorada. Apesar de estar assustada com a história de se tornar uma guerreira mágica, ela gosta. Está sempre dando bons conselhos para as outras guerreiras e ela tem um ótimo coração. Um dos pontos fortes dela é sua perspicácia e a capacidade de bolar rápidas estratégias, além de ser bem curiosa. Seu Mashin é o Windam, que estava adormecido no Templo dos Céus e seu poder é do vento. Ela tem um interesse amoroso por Fério, que é correspondido.

Zagato/Zagard é o vilão da primeira temporada. É o Sumo sacerdote de Céfiro, apaixonado pela Princesa Emeraud. Sabia o quão duro e injusto era o Sistema do Pilar, afinal o pilar cuida de todos no planeta, mas não tem vida própria e queria acabar com esse sistema. Portanto raptou a princesa e ao saber que ela convocou as Guerreiras, fazia de tudo para acabar com elas, tendo vários aliados para essa missão, como Innova, Ascot, Alcyone e Caldina.
 
Apesar de ter sido publicado na Nakayoshi (revista feminina), o diretor queri  atrair o público masculino. E para isso chamou a CLAMP que estava fazendo sucesso na época com X e com RG Veda pra que fizesse um Mahou Shoujo com características shounen. Elas utilizaram como referência o RPG como a principal fonte (robôs gigantes, um universo paralelo, espadas e magia).


Abertura cantada em PT-BR pela linda Larissa Tassi!



 
Beijinhos!!
Página 1 de 212